Turismo Rural Portugal

Quinta de férias-Quinta da Alegria

O melhor de turismo rural são as pequenas coisas, os prazeres simples que permanecem sempre ligados às nossas memórias. As coisas que compartilhamos com nossos amigos, parceiros, filhos ou netos. Quando descobrimos algumas dessas coisas pela primeira vez, somos levados a outra dimensão da nossa vida…a dimensão de pura alegria.

A Alegria de encontrar ovos no celeiro, comer frutas de uma árvore, se surpreender com os animais a correr pela Quinta e ajudar a alimentá-los. Levar feno para o prado para os cavalos na parte traseira do tractor, ou vê-los a correr pelo campo quando olha pela janela.

A Alegria de empurrar seus filhos num carrinho de mão e fazer um piquenique à sombra num local escondido no vale. Conhecer Laurinda, a senhora com as cabras, no seu caminho.

A Alegria de ler um livro na cama de rede, e sentir a brisa doce do verão na sua pele. Assistir ao pôr do sol e ver milhões de estrelas pela primeira vez na sua vida ao lado da fogueira, enquanto ouvir todos os sons misteriosos da noite que nunca ouviu antes.

Historia da nossa Quinta de férias

A Quinta da Alegria era originalmente Quinta da Regada, pois este lugar é abundante em nascentes de agua. Situada a sul de Midões no centro de Portugal.

Foi habitada por ultimo pelo pastor António Pereira que viveu aqui com a sua família. Ele tinha um grande rebanho e muitas pessoas vinham a este lugar comprar ou trocar ovelhas e cabras.
Um dia, ao segurar um foguete na festa da aldeia, teve um acidente e acabou por perdeu a sua mão. O tratamento não correu muito bem e acabou por criar uma infecção e morreu. A Quinta ficou abandonada, cheia de silvas e arbustos, as arvores de frutos tornaram-se selvagens e outras desapareceram.

Foi nesta situação que encontraram a Regada em 1998. O telhado da casa quase a cair, o vinho na pipas transformado em vinagre, casa e seus móveis cobertos com uma camada de pó de 12 anos.

O que começou por ser apenas 3 hectares são agora cerca de 25 Hectares de prados e terra fértil estando a Quinta da Alegria muito diferente…

A villa Midões

A pequena Aldeia de Midões é recheada de história. Desde as sepulturas celtas, passando por caminhos e pontes romanas. O palácio de Midões, as Igrejas imponentes e as casas senhoriais da realeza portuguesa chegando a existir um hipódromo real.

João Brandão foi o “Robin Hood” Português, que viveu no século XIX e lutou pelos direitos dos pobres. Muitos dos caminhos florestais em volta da Quinta foram os caminhos que o João Brandão fez para fugir aos seus perseguidores…

Todos os visitantes irão com toda a certeza passar dias inesquecíveis na Quinta da alegria, nesta região repleta de natureza para explorar.